Um ato destrutivo feito a um equipamento público da cidade de Flores, gerou a indignação da advogada Aurislene Marques, domiciliada e zelosa pelo Município, a profissional de direito usou as redes sociais para lamentar o ocorrido:

Hoje vi essa placa destruída numa das pracinhas de Flores e postei aqui com a frase:“Depois a gente ainda se pega a imaginar o porquê de Flores tão antiga não ter evoluído.”.Logo apareceram os comentários sobre gestão pública, as críticas políticas….Ao meu ver tudo está relacionado a MAL EDUCAÇÃO, a forma desrespeitosa com que a maioria das pessoas agem. .Esta segunda foto (arraste pro lado) é de uma pracinha em Blumenau, é uma biblioteca ao ar livre.Não tem paredes, tão pouco CUIDADOR, nem guarda municipal.Está escrito: CUIDE, é seu. Leve ou deixe um livro. Lamentou a advogada.

A praça mencionada, é a Américo Quidute, recém inaugurada pelo Governo Municipal, um espaço construído com o que há de mais moderno em padrões arquitetônicos e que teve uma placa destruída, como mostra o registro feito pela advogada, nas redes sociais, muitas foram as manifestações de apoio ao poster de Dra Aurislene.

Redação – A Notícia