Um boletim extra do consórcio de veículos de imprensa, que mostra o levantamento de número de casos de coronavírus a partir das secretarias estaduais de Saúde do Brasil, mostra que o país ultrapassou a marca de um milhão de infectados pela doença nesta sexta-feira (19).

Segundo o boletim, divulgado às 14h, o Brasil totaliza 1.009.699 casos confirmados de coronavírus e 48.427 mortes em decorrência da doença.

Desde a últim aatualização do consórcio na quinta-feira (18), às 20, que contabilizava 983.359 casos e 47.869 mortes, os estados de AC, CE, DF, GO, MT, MS, MG, PE, RN, RR, SP e TO divulgaram novos dados.

Os dados são fruto de uma colaboração entre O Estado de S. Paulo, Extra, Folha de S.Paulo, O Globo, G1 e UOL para reunir e informar números sobre o novo coronavírus, que são coletados com as secretarias estaduais de Saúde.

Embora oficialmente a marca de 1 milhão de casos tenha sido ultrapassada nesta sexta, estudos estimam que o país possa ter até 10 vezes mais infectados. Carência de testes, um problema que o Brasil enfrenta desde o início da pandemia, são responsáveis pela subnotificação.

Os brasileiros ocupam o segundo lugar no ranking mundial de total de casos confirmados. Ficam atrás apenas dos americanos, que já somam mais de 2 milhões de pessoas contaminadas.

O consórcio de veículos de imprensa foi criado para acompanhar e divulgar os números da doença no país, após o Ministério da Saúde ter tirado dados do ar e ameaçado sonegar informações.